quarta-feira, 5 de setembro de 2012

UM CASO DE AMOR...









AMOR, MAR CHAMA AMAR A DOR...





Há, no silêncio que o mar enjeita
Um segredo que constante abriga...

Há um amor, que por mudo amar
Enxuga o olhar, que tão alto grita
Nesse mar, onda de segredos feita
Ardor que a medo, sal se faz chorar

Num misto ar, que cheira a mar
na secreta dor, que amar se agita
Incerteza se faz, espuma desfeita
~O~n~d~a~ se deita e se deixa levar...

Doce embalar, aflitas ondas do mar
Aconchego, que de alívio se enfeita...






Rzorpa